Corpo Docente


Nome Jorge Sacramento
Email jorgebaguinha@hotmail.com
Nascido em Salvador/Bahia/Brasil, no dia 15 de abril de 1965, iniciou seus estudos de bateria no ano de 1983 no curso livre da UCSAL (Universidade Católica de Salvador), onde passou dois anos estudando com o Professor Jerônimo Cunha. Em 1986, ingressou no Curso Básico de Percussão da UFBA, iniciando seus estudos de percussão erudita com o professor Fernando Santos, tendo passado no vestibular de instrumento (percussão) em 1988, onde levou mais seis anos estudando com o mesmo professor. Sacramento durante esse período de estudante na UFBA se apresentou com a Orquestra e Banda Sinfônica da UFBA, além do Conjunto de Música Contemporânea Bahia Ensemble, onde se especializou em percussão contemporânea. Em março de 1994, terminou o seu curso de bacharelado e apresentou o seu recital solo de formatura. Vale ressaltar que, depois da formatura, Sacramento realizou durante dez anos, um recital solo por ano, que acontecia sempre no mês de dezembro. Nesse mesmo ano da formatura, foi aprovado no concurso para professor dessa cadeira, começando assim a sua trajetória como professor da academia. Como músico popular, tocou em trio elétrico durante muito tempo, onde aprendeu muito sobre a música do Carnaval da Bahia. Já se apresentou com vários artistas de diferentes estilos da música na Bahia, como por exemplo: Clara Guinel (blues), Guida Moura (funk), Confraria da Bazófia (pop funk/rock), Gang Bang (rock pesado), Janela Brasileira (chorinho), entre outros. Já gravou discos com vários artistas: Andréa Daltro, Joatan Nascimento, Juvino Alves, Lindemberg Cardoso, Janela Brasileira, Confraria da Bazófia, Paulo Lima e Wellington Gomes, Banda Reflexu’s e Banda Sinfônica da UFBA. Além disso, Sacramento é timpanista oficial há 22 anos das Novenas da Conceição da Praia e do Senhor do Bonfim.

Especialista em Música de Câmara para Grupo de Percussão, Jorge vem priorizando o repertório de compositores baianos, tendo lançado recentemente um CD só com peças desses compositores, intitulado ZIRIGUIDUM. Também produziu e coordenou shows com o Grupo, utilizando repertório da música popular brasileira, como: chorinho, samba, música do trio elétrico do Carnaval da Bahia. Maestro do Grupo de Percussão da UFBA há quatro anos, tendo iniciado essa função no projeto Sonora Brasil, onde foi apresentado concertos com peças contemporâneas de compositores baianos, em 75 cidades em todo o Brasil. Também participa do Duo Sacramento, com o filho Aquim Sacramento; do Trio Sá-cramento, com o filho e a aluna Erica Sá; e do Quarteto NovaiSacramento, com o filho e os alunos Isaac e Aline Novais. Hoje, além de Professor Assistente da Cadeira de Percussão da UFBA desde 1994, desde o ano de 2000 é percussionista/assistente da Orquestra Sinfônica da Bahia, onde já atuou também como solista. Coordena vários projetos de extensão na EMUS/UFBA, onde trabalha com agentes da cultura popular baiana (mestre de capoeira, candomblé e bloco afro). Nesses projetos, Sacramento tem como proposta principal a troca de saberes entre a academia e a cultura popular. Foi com esses projetos que Jorge desenvolveu seu mestrado e doutorado. Coordenador geral do Festival de Percussão 2 de julho, que acontece há quatro, trazendo pra Salvador professores e Grupos importantes do Brasil e de outros países, como por exemplo, no último festival, tivemos a participação do professor e James Armstrong (U. S. A.) e do Duo de Clarineta e Percussão (Portugal). Atualmente é Mestre e Doutor em Educação Musical pela Universidade Federal da Bahia. Em 2009, Sacramento foi credenciado para lecionar a disciplina “Educação Musical Informal e Alternativa” no curso de mestrado e doutorado em Educação Musical da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia.


Topo